domingo, 30 de maio de 2010

Recado (XXX) ou Interrupção na Ordem de Trabalhos ou O que um fdp devia ouvir de viva voz

Recebi ontem a primeira sms e apaguei logo. Engano, percebi. Já a dormir recebo a segunda, cheia de doce. E a terceira. A pedir desculpa pela primeira e a justificar a segunda. Devolvi-te a resposta com o silêncio com que tantas vezes me brindaste. Pensas o quê? Que estalas os dedos e eu vou? Que me iludes com falinhas mansas? Não é possível, estou bem mais à frente no caminho, as tuas pernas curtas já não me alcançam.

Tens saudades minhas? Paciência. Já não és o primeiro de quem digo que sabe o que perdeu. E perdeste mesmo. Estou bem, agora, muito bem. Feliz. De pé, como nunca estive. Há um eu que desconheces e também nunca vais conhecer. E tenho a meu lado um Homem como deve ser.

Outro dia, na brincadeira, falava-lhe de um livro onde um gajo dizia a outro para admirar e cheirar as flores que quisesse, mas nem sequer se atrever a chegar perto da sebe do seu jardim. Rimo-nos quando lhe disse que podia, nas conversas de amigos, 'informar' os outros do mesmo. Ontem falaste-me de flores e lembrei-me desta conversa. E pensei que não tem de informar ninguém, porque é a própria sebe, espinhosa como é, que impede qualquer um de chegar perto. São minhas as flores e é a ele que ofereço o seu perfume.

Enquanto me voltava na cama, incomodada pela parvoíce de que te lembraste, foi a almofada dele que puxei para mim. E foi no seu peito, presente na ausência, que pousei a minha mão e descansei a minha cabeça. E adormeci sossegada.


video
Texas - In demand


quarta-feira, 26 de maio de 2010

Update

Tenho estado hibernada na toca. Stop. Muito trabalho. Stop. Como, durmo e trabalho. Stop. E mais qualquer coisita. Stop. Se Deus quiser e as minhas patitas derem ao dedo, são só mais uns dias. Stop. Portem-se bem enquanto não estou. Stop. Nada de santidades. Stop. ;)



quarta-feira, 19 de maio de 2010

Como peixe dentro de água...



Quando ligo a net, redirecciono-me para aqui:



Digam lá se não é lindo o canto superior direito... :D


terça-feira, 18 de maio de 2010

Visto na rua

Sapato de vela castanho, meia vermelha, calças verdes, camisa cor-de-rosa. Tudo no mesmo homem. Lindo...

segunda-feira, 17 de maio de 2010

Quente

Está quente. Aqui pela capital, cheira-me ao calor alentejano. Detesto calor em demasia, sufoco. Sobretudo quando vem assim, de repente. Sabia bem agora uma piscina...

terça-feira, 11 de maio de 2010

Hoje

O fim da tarde foi passado aqui:


Numa cidade onde nem sempre é fácil ser-se católico, sentir um 'banho de multidão' sabe bem...

segunda-feira, 10 de maio de 2010

Ora cá estamos todos na paz de Deus

Podia ter-se repetido isto:



Mas afinal passou-se isto:


No entanto, se há coisa que sou é fiel e, como ninguém me consegue convencer a ser diferente, continuo a fazer isto:


Eh eh

A todos os benfiquistas do meu coração, os meus parabéns. A menina de sangue azul. ;)


sábado, 8 de maio de 2010

quarta-feira, 5 de maio de 2010

Isto de ir directamente ao 'Boss' tem muito que se lhe diga...

Tenho uma colega cuja password de computador é 'Jesus Cristo'... Será que o pc assim não crasha? E que o trabalho fica mais bem feito? Não sei. Sei é que já nos rimos a bom rir hoje aqui. Eu comentei que poria 'Santo António', já que estamos na terra dele (a italiana aqui do lado prefere-o em Pádua, mas pronto), mas de facto se calhar é mesmo melhor ir directamente ao 'Boss'...

Da solidão do silêncio

Parte de mim encontra-se no silêncio e na solidão. Num espaço confortável em que me posso enrolar e desenrolar à medida dos meus pensamentos, sensações e intuições. É uma forma de estar que só há relativamente pouco tempo compreendi e assumi. É minha, sou assim. E, por paradoxal que possa parecer, é ao me deixarem permanecer nesta paz do meu mundo silencioso e solitário que conseguem que eu escancare as portas, deixe entrar quem vem por bem e parta à descoberta de outros mundos...


terça-feira, 4 de maio de 2010

Não percebo


Eu até gosto da publicidade. Acho que está chamativa, até interessante em algumas coisas. Mas não consigo perceber este cartaz que por aí anda. Mas há alguém que ache que a sua intimidade é para todos? E o que significa, neste contexto, 'Quando esse dia chegar, não lhe fales'? Quando chegar o dia em que alguém ache que a sua intimidade não é para todos, isso é mau? Mas agora somos um produto para qualquer um(a)?

Enfim...

segunda-feira, 3 de maio de 2010

...

Andar, em vez de correr, às vezes é bem melhor. Ao mesmo tempo que se avança, temos a possibilidade de ver onde pomos os pés e podemos olhar para tudo o que está na berma do caminho.

domingo, 2 de maio de 2010

Dia da Mãe

Passado, como sempre, na companhia da família. Dia de risos, de abraços, de festa. Dia de sol.

sábado, 1 de maio de 2010