segunda-feira, 30 de maio de 2011

Do tempo que passa

Tenho escrito pouco por aqui. Não que tenha pouco para dizer, pelo contrário. Mas há alturas em que as palavras não saem porque o coração anda a sentir. E eu ando assim, há muito tempo, mas com especial intensidade há um mês. Um mês que foi de felicidade. E ela continua aqui, a aquecer-me o coração. Cheguei a casa...

I said I love you and that's forever
And this I promise from the heart
I could not love you any better
I love you just the way you are

Amo-te, marido...


2 comentários:

Marisa disse...

Estão bem. Isso basta :)

Beijos.

R. disse...

Tenho um comentário carregadinho de erudição para fazer:

:)

R.