quarta-feira, 2 de abril de 2008

O silêncio dos homens

Sinto-me particularmente inquieta hoje. O silêncio dos homens é para mim um mistério. Segundo o livro de John Gray, 'Os homens são de Marte, as mulheres são de Vénus', os marcianos apreciam imensamente o silêncio e é nele que encontram resposta para os seus problemas. Para mim é um mistério como é que isso é possível. Eu gosto de ruminar, mas a dada altura preciso de pôr para fora. É quase uma catarse, uma purificação da alma: ao verbalizar o que sinto, parece que os sentimentos se esvaem. Pode parecer estranho, mas funciona: se estou inquieta e explico porque estou inquieta, fico mais calma; se estou deprimida e ponho na mesa as razões que me levam a isso, em pouco tempo dou por mim a sorrir.
Os homens, aí, são completamente diferentes: enfiam-se na sua caverna e lá ficam até a tempestade passar. E ainda dizem que as mulheres é que são um bicho estranho...

4 comentários:

observador disse...

Eu, homem, assumo-me bicho estranho...

mf disse...

Tu sabes que às vezes me sinto uma extraterrestre. Um bicho estranho... Se calhar são os desencontros que nos fazem sentir assim... As palavras que não dizemos, os esconderijos onde nos escondemos para não nos magoarem, os gestos que ficam por fazer... Ainda não consegui descobrir...

observador disse...

O importante é não estares sozinha enquanto tentas descobrir... e já percebeste que não estás.

mf disse...

Já, já percebi... Outro sorriso...