domingo, 15 de março de 2009

Deixa

'Roubado' daqui...

Deixa acontecer

Ah, não tente explicar
Nem se desculpar
Nem tente esconder
Se vem do coração
Não tem jeito, não
Deixa acontecer

O amor é essa força incontida
Desarruma a cama e a vida
Nos fere, maltrata e seduz
É feito uma estrela cadente
Que risca o caminho da gente
Nos enche de força e de luz

Vai debochar da dor
Sem nenhum pudor
Nem medo qualquer
Ah, sendo por amor
Seja como for
E o que Deus quiser

Vinicius de Moraes

2 comentários:

Princesa (des)encantada disse...

Gosto tanto de Vinicius... Tenho uma Antologia Poética dele residente na minha mesa de cabeceira. Este é lindo e entendo tão bem... Obrigada pela visita e contribuições. Já estou presa aqui e vou voltar! ;)

mf disse...

Partilhamos o gosto...
Volta sempre. Já és vizinha de toca! :)