quinta-feira, 30 de julho de 2009

Dias

Há dias bons e dias maus. Dias de sol e dias de sombra. Dias felizes e dias de mágoa. Dias de dor e dias de risos. Dias de abraços e dias de afastamentos. Dias de conversa e dias de silêncios. Dias velozes e dias tranquilos. Dias de paz e dias de fúria. Dias de excitação e dias de calmaria. Dias de festa e dias de tristeza. Dias de dança e dias coxos. Dias de calor e dias gelados. Dias infantis e dias de maturidade. Dias de vento forte e dias de brisa suave. Dias de águas espelhadas e dias de manto verde a encher o chão. Dias de cama e dias de passeio. Dias de música e dias desafinados. Dias de pensamentos em espiral e dias de ideias paradas, sem pressa de chegar. Dias que nos deixam um travo amargo e dias em que do copo meio vazio passamos ao meio cheio num ápice.

E há dias como o de hoje...


video
Joy Williams - One of Those Days


4 comentários:

Princesa Canela disse...

E há ainda... Dias de Merda!... A realidade é mais estranha que a ficção.

mf disse...

Conseguiste resumir tudo em três palavras! Acho que tenho de começar a seleccionar melhor as palavras. Mania de ser críptica. Lol

LBJ disse...

Sem querer ser presunçoso, escreveste o que um LBJ podia ter escrito e sabes que há ainda o dia de amanhã que por acaso já é hoje :)

Beijo

mf disse...

LBJ:
Como vês, não és único no mundo. Eh eh

Deixa lá. Isto é a minha cabeça, que não quer ir de férias (aqui, sim, devo ser única no mundo).

O dia de hoje é de sol!
Beijo