segunda-feira, 16 de novembro de 2009

Digamos que...

não é boa ideia sair do metro no Terreio do Paço, sem guarda-chuva, às quatro da tarde, id est, em plena altura em que São Pedro se distraiu e permitiu que Noé abrisse as comportas do céu...

O meu pico chamado "Ideias peregrinas" está em grande forma, como podem ver...

16 comentários:

13 disse...

Não só é não é uma boa ideia, como é péssima! Mas quem é que se lembrou (ou esqueceu) de não andar com chapéu de chuva numa altura destas...? :)

13 disse...

mf,
(relativamente ao texto anterior, como te compreendo). Dia a dia... Um pouco de cada vez...
Mas parece-me que é mais uma questão de humildade excessiva (parece-me).

Storyteller disse...

Desculpa-me desdizer-te, mas não foi o Noé! Foi a hora de os anjinhos todos irem fazer xixi. Obviamente que fazem-no para cima das nossas cabeças, pois Deus tem um sentido de humor muiiiiito retorcido... basta olhar para o ornintorrinco!

R. disse...

Hein? Noé? Agora o velhadas deu em pregar aos outros a partida que lhe pregaram a ele?

Bah!, esses espinhos também secam num instante de qualquer forma... :)

R.

Minhoca disse...

Não foi mesmo uma boa ideia, é q a essa hora aqui na baixa estava um diluvio :)

Marisa disse...

Eu olhei pela janela e pensei que já fossem seis da tarde, tal era a escuridão!

Beijos.

Daniel Silva (Lobinho) disse...

Gostava que tu (e quem mais te segue) participassem do encontro que o Gonçalo - que é de Coimbra - está a organizar para este saábado em Lisboa. Pediu-me que divulgasse. Aceitam-se sugestoes, locais etc...

È um encontro de pessoas que se nao conhecem entre si, um encontro de bloguistas.

Está o link la no meu canto.

Eu penso ir. SE forem ;)

Princesa Canela disse...

Ideias peregrinas indeed. Eu consegui safar-me, meia hora depois. ;)

mf disse...

13:
'xa lá ver se me explico: saí na sexta em direcção a parte incerta. Já na rua, de mochila às costas, lembrei-me que tinha deixado o guarda-chuva em casa, mas já não tinha tempo para o ir buscar. Na segunda vim de casa dos papás, de onde podia ter roubado um dito cujo, mas não me passou semelhante pela cabeça (eu sou uma santa). Àquela hora linda tinha saído de Santa Apolónia apenas com uns chuvisquitos. Quando cheguei ao Terreiro do Paço devia ter esperado, mas não me apeteceu. AQUI é que a ideia foi peregrina... ;)

mf disse...

13:
Relativamente ao post anterior: é um dia de cada vez, sim. E de humildade excessiva, também. Eu já diagnostiquei 'a coisa'. Agora é dar cabo dela... (E eu chego lá.) ;)

mf disse...

Storyteller:
Não sei se gosto da ideia... Já pensaste no cheiro????

Para mim Deus tem sentido de humor retorcido é por nos fazer falar de 'anjos' e não de 'anjas'. Depois andamos aí a cair nas falinhas mansas dos gajos, convencidas que têm asas! Eh eh

mf disse...

R.:
Noé anda por aí... Eh eh

E eu sacudo os picos depressa, isso é verdade. Não consigo é sacudir a constipação! :P

mf disse...

Minhoca:
E nem um chapeuzinho me ofereceste, sacanita! :D

mf disse...

Marisa:
Olha outra a assistir à minha molha! Para a próxima ponho um letreiro a dizer 'Ajudem o Ouriço'! :D

mf disse...

Daniel:
Gostava de ir, mas não vou cá estar. E tenho pena, porque deve ser bem interessante! Vai e conta depois como foi! :)

mf disse...

Princesa Canela:
Very peregrinas. Mesmo à Ouriço. A sorte é que, quanto mais me acontece, mais me rio de mim mesma! ;)