domingo, 23 de novembro de 2008

Dá-me lume

Conversa de um pico para outro:
- Hoje sinto-me uma lareira quente...
- Ai sim? Olha que engraçado... Eu também!
- E se fôssemos à procura de alguém que precise de um lume a crepitar para se aquecer?
- 'Bora lá!



Eh eh eh eh...

9 comentários:

Ventania disse...

E parece que vem aí uma vaga de frio! :) (Belíssima selecção musical, by the way)

mf disse...

Ai vem? chega-te aqui para o quente, então! Há sempre lugar para mais uma brasa! Eh eh...

Minhoca disse...

Bem com o frio que esta não deve faltar a quem aqueceres :):):)

Bjs cheio de frio

Cold disse...

Do "Prisão de palavras" vim aqui parar e, apesar de não comentar muito, vou já colocar-te no "reader" para te ler. Gostei! Acho-te genuína.

Cold disse...

Do "Prisão de palavras" vim aqui parar e, apesar de não comentar muito, vou já colocar-te no "reader" para te ler. Gostei! Acho-te genuína.

mf disse...

Minhoca:
Ai falta, falta... Há quem não goste de lareiras, pelos vistos... Eh eh ;)

mf disse...

Cold:
Bem vindo, então! Ainda bem que gostaste. Eu gostei de saber! Volta quando quiseres, comentando ou não. A porta está sempre aberta... :)

Ventania disse...

Há quem não goste de lareiras e há parvalhões que gostam de andar gelados a vida toda, gostam de teimosamente se anunciar blocos de gelo. Ai, como derreter quem não quer ser derretido (por mim)?... =(

mf disse...

Ventania:
Honestamente? Já passei por aí. Se o bloco de gelo é demasiado compacto e não derrete, vai procurar outro. Há alguém que te merece e te aprecia algures por aí! ;)